Pular para o conteúdo

Seguro Viagem: Contratar Seguro viagem vale a pena? Prós e contras

Contratar o seguro viagem é ação mais importante que você deve fazer antes de embarcar para outro país. O principal motivo é que essa assistência irá te ajudar caso ocorra algum imprevisto durante a sua viagem.

No entanto, ele é colocado em segundo plano por algumas pessoas que ainda o enxergam como um custo desnecessário. Essa diferença de ponto de vista, pode realmente causar dúvidas sobre a real importância de contratar esse serviço.

Por isso, vamos mostrar ao longo do artigo todas as informações que você precisa saber sobre esse tipo de seguro para que você tome a melhor decisão, confira!

O que faz um seguro viagem?

O seguro viagem é uma modalidade de apólice fornecida para os viajantes mais prevenidos. Ele garante a cobertura de diversos imprevistos que podem ocorrer durante o deslocamento e a estadia em lugares diferentes. Basicamente, ele vai cobrir situações como:

  • Acidentes e decorrentes dele;
  • Problemas com saúde;
  • Atrasos e cancelamento de voo por parte da companhia;
  • Perda de bagagem.

 

Ainda assim, existem variações conforme a região de cobertura e de algumas regras. Geralmente, os planos são divididos em: nacional; internacional e Europa. Os preços variam de acordo com essas classificações.

Quais os prós e os contras do seguro viagem?

Contratar um seguro viagem tem muitos prós e quase nenhum contra. Análise agora nossas listas:

Prós do seguro viagem

Evita gastos exorbitantes e desnecessários

Apesar de não pensar em adoecer, é possível que isso aconteça no meio da diversão ou descanso.

Se realmente adquirir alguma virose ou torção no pé, um seguro viagem cobre a maioria dos gastos de hospitais (que podem ser enormes quando analisamos a conversão da moeda), evitando que você extrapole o orçamento da viagem.

Segurança em diversas situações

Existem seguros para cada tipo de viajante, variando entre aqueles que apreciam e praticam esportes radicais, aqueles que vão para curtir o turismo e a cultura, aqueles que viajam para negócios e até para quem acaba tendo suas malas extraviadas.  Os melhores seguros conseguem oferecer cobertura para:

  • Repatriação médica
  • Despesas em casos de doença ou acidentes
  • Perda de documentos
  • Assistência jurídica
  • Interrupção da viagem
  • Extravio de bagagens
  • Assistência funerária
  • Traslado de corpo.

Condição para entrar em alguns países europeus

O seguro viagem é obrigatório para quem planeja viajar para países que participam do Tratado de Schengen como a Dinamarca, Luxemburgo, Suécia, Espanha, Eslováquia, Polônia, Suíça, dentre outros. Esses países exigem que o seguro tenha cobertura mínima de, no mínimo, 30 mil euros.

A Irlanda também obriga que o viajante tenha um seguro viagem, mas com suas próprias regras e termos. Seja qual for o caso, um seguro facilitará sua entrada nesses países.

Contras do seguro viagem

Não há cobertura para aparelhos eletrônicos perdidos

O seguro viagem para brasileiros, geralmente, não oferecem cobertura para aparelhos eletrônicos perdidos, roubados ou danificados em algum acidente.

Burocratização da indenização

Algumas empresas agem de má fé e deixam que algumas informações importantes fiquem imperceptíveis no contrato, como o fato de cobrir a assistência médica emergencial, mas não cobrir a internação.

Nesses casos, é responsabilidade do segurado ler o contrato atentamente antes de assinar.

Agora que você já sabe quais ou benefícios de ter um seguro viagem, é possível que já esteja pensando em contratar um, certo? Por isso, não perca tempo e vá agora pesquisar diferentes empresas e os melhores custo-benefício para seu plano e aproveite suas viagens da melhor forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat