Pular para o conteúdo

Se você adora a modernidade e não abre mão das suas vantagens, vai gostar de saber que agora é possível abrir conta corrente online.

Isso mesmo, esse serviço chato que levava tempo, aquele tempo de ir até uma agência e enfrentar horas de filas, isso acabou. Você pode abrir conta corrente online sem sair de sua casa, que aprender como? Veja a seguir 2 formas de fazer isso:

Abrir conta corrente online em banco digital

Você tem a opção de abrir conta corrente online em um dos bancos digitais existentes.

Esses bancos são apenas digitais, não existem prédios físicos, porém todos os seus serviços são disponibilizados através de um aplicativo. Você tem disponíveis os mesmos serviços de um banco real.

O que mais chama a atenção para essas contas digitais são as suas taxas. Elas são bem menores do que as contas normais. Abrir conta corrente online ficou mais barato.

Para abrir a sua conta digital basta acessar um banco digital disponível e preencher os dados solicitados. É rápido e fácil de fazer.

Abrir conta corrente online em banco físico

Se você não é tão moderno assim e prefere abrir conta corrente online em um banco conhecido, isso também é possível.

Basta escolher um banco que disponibilize esse serviço online de abertura de conta e solicitar a sua conta.

Para isso você vai precisar seguir os seguintes passos:

  • Primeiro, baixo o aplicativo do banco escolhido no seu celular;
  • Preencha os dados com os seus documentos pessoais, como RG, CPF e Comprovante de Residência;
  • A seguir tire uma selfie e envie no aplicativo.

Pronto agora é só aguardar 5 dias para aprovação da sua conta corrente. É rápido e simples abrir conta corrente online.

Lembre-se que abrir conta corrente online é mais vantajoso e rápido!

Conseguir um empréstimo fácil, sem burocracia e de forma rápida não é nenhum bicho de sete cabeças hoje em dia. Mas se você é marinheiro de primeira viagem, alguns cuidados são necessários para não cair numa furada.

Um empréstimo pode ser solicitado por bancos ou financeiras. Trata-se de um valor a ser emprestado ao solicitante que devolve pagando mensal, acrescido de taxa de juros.

Eu vou te contar 3 formas de conseguir empréstimo fácil que vão descomplicar a sua vida e te ajudar a quitar aquela dívida ou conquistar o sonho da casa própria. Vamos lá?

1.      Empréstimo Online

Se tem um lugar onde você pode conseguir um empréstimo fácil é na internet. Hoje, quase todas as empresas de crédito possuem essa opção, dada a versatilidade e economia de tempo. Mas atenção aos juros. De um site para outro, as taxas podem variar bastante. Então vale a pena pesquisar qual a melhor opção para você. Aqui, os cuidados a se tomar tem relação com a empresa que você está fechando o negócio. Não sai por aí clicando em todos os sites que oferecem empréstimos. Pesquise por empresas renomadas e obtenha as melhores cotações. Procure fechar o negócio de um notebook ou smartphone confiáveis, livre de vírus. Jamais realize uma operação assim em uma lan house ou em redes abertas e desconhecidas. Geralmente, funciona assim:

Primeiro: Você realiza a cotação em um site escolhido. Coloca o valor que precisa para o empréstimo e em quanto tempo quer pagar
Segundo: Avaliar o Custo Efetivo Total (CET) para escolher qual é menor e compensa pra você
Terceiro: Geralmente é necessário enviar alguns documentos para análise
Quarto: Se aprovado, você receberá o dinheiro em sua conta.

2.      É possível pedir um empréstimo fácil no seu banco?

Para a maioria dos casos, a resposta é Sim! Salvo os bancos que não aceitam emprestar para negativados e outras exceções. Mas se esse não é o seu caso, certamente você conseguirá realizar um empréstimo no seu banco. Em alguns casos até de forma online. Geralmente, as taxas de bancos são menores do que as taxas de empresas de crédito. Seja como for, converse com seu gerente e deixe claro quais as condições que você pode pagar.

3.      Não realize pagamentos antecipados

Atenção: Não é permitido cobrar um valor para a empresa para conseguir o empréstimo. Isso é um golpe. Por isso, avalie bem todas as empresas que você optou por realizar a simulação.

No Brasil, até 2017, 80% dos motoristas circulavam sem ter o seguro auto. Seja por causa do pagamento adicional ou por falta de dinheiro, este artigo visa esclarecer os motivos para você não deixar o seguro auto de fora do seu orçamento.

Os índices de roubo e de acidentes são altos e bastante comuns nas grandes cidades. Se você investiu na compra de um veículo 0KM não vai querer pôr tudo isso a perder, não é mesmo?

Sendo assim, este artigo vai mostrar a importância de ter um seguro de carro e não deixar de proteger o queridinho de muitos brasileiros. Confira!

1. Aumento de roubo e furto de veículos

Casos de roubos são bastante comuns, e ninguém quer perder o carro com as prestações ainda sendo pagas, não é mesmo? O seguro auto não só cobre o prejuízo como também quita o financiamento do seu veículo para você não entrar em um mar de dívidas.

2. Perigo de acidentes envolvendo terceiros

Não basta você ter cuidado no trânsito, pois nem todos os motoristas terão o mesmo zelo ao dirigir. Por isso, o seguro auto se faz tão necessário. Com ele, você garante a cobertura adicional de Responsabilidade Civil para cobrir danos causados a terceiros.

3. Necessidade de assistência 24h do seguro auto

Seu carro parou de funcionar muito longe de casa ou você esqueceu a chave dentro dele ao sair? Situações como essas podem ser corriqueiras, e o seguro automóvel salva com a sua equipe de assistência 24 h. Serviço de chaveiro, guincho e carro reserva são alguns dos serviços ofertados.

4. Risco de fenômenos naturais

Se você vive em uma cidade com forte risco de alagamentos, queda de árvores e tempestade de raios, vale muito a pena contratar seguro automóvel com essas coberturas. Você aciona a seguradora, paga a franquia e aguarda o problema ser resolvido.

Esses 4 motivos para contratar seguro auto foram suficientes para você? Pense bem na importância de ter uma seguradora cuidando do seu patrimônio. Depois, é só cotar online e escolher qual o seguro de carros cabe em seu bolso.

Para escolher a melhor máquina para o seu negócio, você deve entender, primeiro, as suas necessidades e dos seus clientes. Depois, você vai para o segundo passo, que é entender o que o mercado tem a oferecer. Neste texto você pode conferir algumas dicas que vão te ajudar a escolher a melhor máquina de cartão para o seu negócio

Leve em consideração se o seu negócio é online ou físico. Máquinas que funcionam apenas pelo celular são muito chamativas, por serem econômicas, trazerem conforto e agilidade.

As taxas cobradas pelas empresas são muitas e deve ser um ponto de atenção. Preço da máquina, taxa de adesão, mensalidade, taxas de transação são alguns exemplos. As despesas podem ser muitas, e exatamente por isso este deve ser um ponto de atenção sOs gastos são muitos, por isso é muito importante prestar atenção nos gastos e descontos.

Aqui entra o seu conhecimento sobre o mercado. Você pode não saber sobre todas as bandeiras que os seus clientes usam, mas consegue saber as principais do mercado. Na hora de escolher a sua máquina, fique atento as bandeiras que ela aceita e as taxas cobradas caso deseje adicionar novas.

Se o seu negócio exige a impressão de nota fiscal, a máquina ideal para você é a tradicional. Apesar de trazer esse benefício, elas são mais caras do que as outras e tendem a ser mais burocráticas no momento da instalação.

Mas muitos contratantes não precisam realizar impressões e o mercado que oferece o serviço de máquinas sabe disso. Por isso, existem as mPOS (Mobile Points of Sale). São máquinas que funcionam conectadas a um celular, possibilitando a comunicação e transações a serem realizadas. Além disso tem um preço mais baixo do que as tradicionais.

Comprou seu Ford Ka e gostaria de proteger sua nova aquisição? Ou já possui um e decidiu que é muito importante proteger o seu patrimônio? Um carro é um bem móvel e está constantemente sob riscos. Vamos entender como é calculado o valor de um seguro automóvel Ford Ka?

Perfil: eis como se calcula o valor de um seguro.

Pois é, quando falamos em seguro não há uma tabela definida de preços. Tudo é uma questão de perfil do usuário. É o que as seguradoras avaliam. A partir de uma série de itens é estipulado um valor a ser cobrado de você em troca do serviço de proteger o seu patrimônio móvel. Também conta o que você quer contratar: um seguro completo (furto, roubo, colisão e incêndio), parcial (só alguns sinistros selecionados) ou só contra terceiros. Assim, juntando as suas características pessoais com aquilo que você quer contratar e, claro, considerando modelo e ano do seu veículo, surge o preço do seguro para você.

Quais os principais itens na avaliação de perfil?

Há uma grande variável de fatores levados em conta na hora de avaliar o risco de proteger o seu patrimônio. Podemos citar as principais. Primeiro, você: idade, endereço de residência, se há dependentes que também dirigem o veículo, se trabalha com ele, condições de garagem, tempo de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), entre outros. Depois, o veículo: ano e modelo. Pois, além do valor patrimonial, uma versão de automóvel pode ser mais visada que outra em termos de furtos e roubos. E isso impacta diretamente no cálculo do risco da apólice de seguro.

Dicas para melhorar a cotação de seguro.

Você pode diminuir o valor de um seguro se buscar melhorar algumas características vistas acima, como: instalar mais itens de segurança no veículo, garantir uma garagem segura, evitar dependentes jovens, entre outros detalhes. Enfim, o seguro do seu Ford Ka envolve vários fatores. Faça cotações e avalie as diferentes possibilidades de proteger o seu Ka.

WhatsApp chat