Pular para o conteúdo

Negócio próprio ou franquia: qual investir?

Negócio próprio ou franquia: qual investir?

o que e franquia

Se você deseja ser o seu próprio chefe, mas não sabe qual a melhor ideia de empreendimento para você, então este é o artigo certo. Muitas pessoas têm dúvidas sobre como funcionam as empresas próprias e as microfranquias e, por isso, deixam de investir na criação de seu próprio negócio.

Confira aqui mais artigos como esse 😉

Ao longo deste artigo, vamos entender a diferença entre negócio próprio e franquia, bem como suas vantagens e desvantagens para ajudar você a escolher o melhor modelo para virar dono de sua própria carreira.

O que é a franquia?

A franquia é um modelo de negócio que já existe e é transferido para outro ponto comercial com a autorização de quem criou o modelo inicial.

Isso significa que é uma empresa já existente que deseja ter outros pontos de venda e, por isso, ensina o seu modelo de negócio para outros profissionais.

É o caso de grandes redes de varejo, como Cacau Show, Marisa, Chilli Beans e outros comércios com os quais estamos tão acostumados.

A vantagem dessa escolha é a segurança, já que os produtos geralmente já são conhecidos no mercado e você consegue um lucro maior à curto prazo.

A desvantagem é que você precisa responder para a sede do negócio e o investimento inicial geralmente é maior. Isso porque além de arcar com os custos do espaço físico, você precisa também comprar os direitos do negócio.

O que é o negócio próprio?

Já o negócio próprio é a empresa criada do zero. Ele envolve uma ideia inovadora que ainda não existe no mercado e que chega para mudar a vida dos clientes.

Quando você investe no seu próprio negócio, você (e um sócio, na maioria das vezes) é responsável por tudo: a definição da identidade da empresa, do modelo de negócio, a missão, visão e valores, o investimento inicial, o planejamento de orçamento e a definição de todos os objetivos da instituição.

Apesar de ser uma ideia que envolve muitos riscos, ao investir no seu próprio negócio você se torna o seu próprio gerente. Esse benefício vem com horas mais flexíveis, a oportunidade de trabalhar com o que você ama e a autonomia total da sua empresa.

Porém, é preciso ter em mente que o negócio próprio não tem nenhum tipo de segurança, como é o caso da franquia. Neste último modelo, você conta com processos já definidos e a existência de uma marca reconhecida no mercado. Com o seu próprio negócio, tudo isso será construído do zero.

Então, afinal, o que é melhor: começar um negócio próprio ou abrir uma franquia?

Infelizmente, não existe uma resposta única para essa pergunta.

A escolha do melhor modelo de negócio depende da sua personalidade, de se você tem o perfil empreendedor, do quanto está disposto a investir e o que espera como resultado.

Antes de tomar a sua decisão, uma boa ideia é fazer uma pesquisa extensa do mercado onde deseja atuar. Assim, você conhecerá as principais franquias, os serviços e produtos que já estão disponíveis e até mesmo quem são os seus clientes, entendendo os seus desejos e anseios para desenvolver uma solução que agrade sua audiência.

Depois disso, os seus pensamentos começarão a ficar mais claros para que você decida onde quer investir o seu capital. Independentemente da sua escolha, os negócios próprios e franquias são o presente e futuro do mercado profissional e podem trazer benefícios incontáveis para a sua carreira.

Para saber mais sobre como é possível começar o seu próprio negócio, não deixe de conferir nossos demais artigos e aproveite para deixar sua sugestão de tema para as próximas semanas no espaço abaixo. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat