Pular para o conteúdo

Uma das formas de ficar na moda hoje em dia é colocando um piercing, não é mesmo? Mas, e no caso das pessoas que possuem diabetes? Será que elas podem colocar esse acessório ou é melhor não para evitar futuras complicações? Tendo em vista que o processo de cicatrização dos diabéticos é muito mais lento, é realmente ter bastante cuidado antes de tomar uma decisão como essa.

É claro que o fato de ter diabetes não significa que você não pode colocar um piercing, certo? Entretanto, é fundamental consultar o seu médico e ver qual a opinião dele a respeito desse assunto. Por mais que o diabetes não tenha cura, estar com ele controlado é um dos primeiros passos para que o médico te libere para fazer o procedimento.

A razão pela qual o bom controle do diabetes é essencial é porque o controle deficiente da doença pode aumentar significativamente o tempo de cura e aumentar o risco de desenvolver uma infecção.

Além disso, outra questão importante é qual área do corpo furar e qual é melhor evitar. No entanto, tudo isso será possível ver ao longo deste conteúdo. Sendo assim, mesmo que você ache que um piercing é o que está faltando para completar o seu estilo, tome muito cuidado para não ter complicações com o diabetes.

Áreas para evitar

Como alguém com diabetes, você deve evitar colocar piercings em áreas com má circulação, como:

  • Tornozelos;
  • Canela;
  • Nádegas;
  • Ou as suas áreas favorecidas para injeção de insulina / injeções.

Você também deve escolher um local que seja licenciado ou credenciado para realizar o trabalho e informá-los sobre sua condição, para que eles possam adaptar o procedimento de acordo com as suas necessidades.

Riscos do piercing para quem tem diabetes

Infecção: a parte perfurada do seu corpo pode ser infectada se o local não estiver limpo e você não conseguir manter uma boa higiene.

Agulhas: se a agulha usada para furar sua pele não tiver sido esterilizada, você pode estar em risco de contrair HIV, infecções por hepatite ou outros vírus transmitidos pelo sangue.

Glicemia alta: se os seus níveis de açúcar no sangue estiverem mais altos do que deveriam, seu piercing pode levar mais tempo para cicatrizar, o que, por sua vez, pode colocá-lo em risco de desenvolver uma infecção.

Sangramento: o procedimento pode causar sangramento excessivo, especialmente em áreas do corpo com muitos vasos sanguíneos, como a língua.

Cicatrizes: você pode ter cicatrizes após o seu piercing, ou pode levar à formação de um quelóide (um tipo de cicatriz superdimensionada), tudo por conta da má cicatrização causada pela doença.

Dicas pós piercing

Após colocar o piercing, é importante verificar regularmente os seus níveis de açúcar no sangue (pelo menos uma vez por dia) e / ou manter o seu esquema habitual de insulina. Além disso, mantenha também a área perfurada da pele limpa e coberta até que se cure.

Sendo assim, ter o máximo de cuidado e consultar um médico são procedimentos essenciais para diabéticos que querem aumentar seu estilo colocando um piercing.

Manter sempre as unhas bem-feitas é algo que faz total diferença na aparência de uma pessoa. Cuidar das unhas é algo que vai além da estética, esse cuidado faz com que elas fiquem saudáveis e claro é uma questão de saúde e higiene. Porém, existem muitas pessoas, que por diversos motivos, possuem unhas quebradiças e fracas. É pensando nessas pessoas que reunimos as melhores dicas de como ter unhas mais fortes.

Use base fortalecedora

Existem no mercado bases fortalecedoras. Esse produto é ótimo para você deixar suas unhas mais fortes. Utilize uma camada por baixo do esmalte ou você pode usar somente ela a cada quinze dias. Verifique sempre na embalagem e prefira aquelas que tem vitaminas B5 e E em sua composição.

Utilize removedor de esmaltes e não acetona

Acetona possui uma química extremamente forte, que causa desidratação, deixando suas unhas fracas. Por isso, para remover o esmalte, utilize sempre os removedores, pois, eles são feitos exatamente para isso. A glicerina em sua composição auxilia a manter as unhas sempre saudáveis.

Dê adeus as unhas de acrílico

Unhas de acrílico são muito prejudiciais a saúde de suas unhas. Mas, quem pensa que o problema está no acrílico está muito enganado. O problema está na forma que é feito a remoção da peça. Poucos cuidados são tomados para fazer essa remoção, assim, acaba ocorrendo o enfraquecimento e desidratação das unhas.

Uma alternativa para quem quer alongar as unhas são as unhas em gel. Quando bem aplicada, essa forma de alongamento não agride as unhas e acaba fortalecendo. Porém, para remover, sempre procure um especialista.

Deixe a unha respirar

A maioria das pessoas que pintam as unhas, sempre tiram um esmalte e já passam outro logo em seguida. Porém, isso deixa as unhas fracas. Procure sempre deixar a unha sem nenhum produto durante 24 horas, pelo menos uma vez por semana.

estourar uma espinha

Você com certeza já teve espinha em algum momento de sua vida e, provavelmente, tomou medidas clean caps para se livrar dele. Seja em um banheiro mal iluminado, no espelho do carro a caminho de uma entrevista de emprego, ou no banheiro em um primeiro encontro, você tocou, apertou, perfurou e cutucou na esperança de eliminar seu temível defeito. Lamentamos informar que você está fazendo tudo errado - mas não se preocupe, é aí que entramos. Conversamos com dois dermatologistas de Nova York, a Dra. Rachel Nazarian, do Grupo de Dermatologia Schweiger e o Dr. Carlos A. Charles, da Derma. di Colore para saber mais sobre como estourar uma espinha corretamente e com segurança.

Dr. Charles, MD, é um dermatologista certificado e instrutor clínico de dermatologia no Weill Medical College da Universidade de Cornell. Em 2012, o Dr. Charles fundou a Derma di Colore, uma prática dermatológica abrangente que aborda o tratamento de problemas dermatológicos de todos os tipos de pele com interesse no tratamento de tons de pele mais escuros. Dr. Nazarian escreveu vários artigos em revistas médicas, bem como livros de dermatologia amplamente respeitados. O Dr. Nazarian também atua como membro do corpo docente do Departamento de Dermatologia do Mount Sinai Medical Center. É seguro dizer que estamos trabalhando com duas pessoas que conhecem seu caminho em torno de uma espinha.

Antes de entrarmos nisso, é importante notar que ambos os dermatologistas recomendaram contra o surgimento de espinhas em casa, a menos que você estivesse sentindo um grande desconforto ou constrangimento devido à sua aparência. Com esse aviso atrás de nós, se você precisar colocar uma espinha em casa, por favor, continue lendo.

Quais são os prós e contras de estourar uma espinha?

"Os riscos quase sempre superam os benefícios, já que a maioria das espinhas se resolverá por conta própria, e os mais persistentes requerem intervenção profissional", diz o Dr. Nazarian. Além disso, se você estourar incorretamente a espinha, poderá causar mais danos. “Se uma espinha for manipulada de forma agressiva quando estourada, isso pode causar danos à pele ao redor e levar a cicatrizes verdadeiras. Além disso, a manipulação excessiva de espinhas pode, potencialmente, introduzir outras bactérias na área, causando infecções cutâneas locais ”, diz o Dr. Charles.

Isso não quer dizer que você não pode estourar uma espinha e colher alguns benefícios. Remoção pode livrar sua pele de excesso de pus e torná-lo mais fácil de esconder. Além disso, estourar uma espinha pode ajudar a minimizar o desconforto e a duração da espinha.

Que tipos de espinhas você deve aparecer?

As melhores espinhas a aparecer são pequenas whiteheads, blackheads e pustules (parece um whitehead, mas a pele ao redor é vermelha e inflamada). Whiteheads aparecem quando as células mortas da pele, óleo e bactérias estão presos em seus poros. Cravos são semelhantes em que eles são causados ​​por um poro entupido, mas a diferença fundamental é que, com whiteheads, o poro permanece fechado em comparação com cravos em que o poro está aberto. Pústulas são pequenos inchaços na pele que contêm pus ou fluido. “O tipo mais seguro para extrair em casa são os que coletaram uma pequena quantidade de pus ou queratina no meio e estão muito próximos da superfície da pele, e aqueles que não são muito vermelhos ou profundos: esses são geralmente simples cravos pretos. whiteheads, ou pústulas, diz o Dr. Nazarian.

Também é importante notar que você nunca deve tocar em cistos profundos. "Embora possa ser muito tentador para cistos profundos, estes devem idealmente ser reservado aos profissionais, pois eles podem ser difíceis de tratar, devido à profundidade da lesão ativa", diz o Dr. Charles. "Às vezes, quando os pacientes tentam estourá-los por conta própria, leva a mais destruição para a pele ao redor."

Então você decidiu estourar sua espinha, quando você deve fazer isso?

É inteligente estourar à noite para dar tempo à sua pele se recuperar. “A noite seria o momento mais ideal junto com a rotina de limpeza noturna da pele”, diz o Dr. Charles. "Isso permite que a inflamação da espinha manipulada diminua durante a noite".

É ainda melhor é estourar uma espinha depois de tomar um banho. "Quando sua pele está limpa, e o calor ajudou a soltar e suavizar a pele", explica o Dr. Nazarian.

Como você pode se preparar para estourar uma espinha? Você deve usar ferramentas?

Começar com um rosto fresco e limpo é vital. "A coisa mais importante é usar as mãos limpas e garantir que sua pele seja bem limpa para minimizar o risco de transferir bactérias e causar uma infecção na pele", diz o Dr. Nazarian. “Remova toda a maquiagem usando um lenço, depois enxágüe novamente com um limpador suave e água. Pat seco.

Ferramentas não são uma necessidade. Ambos os dermatologistas enfatizaram a importância de mãos limpas, pele limpa e um espelho limpo. "Eu normalmente aconselho contra meus pacientes usando ferramentas e extratores, pois eles geralmente criam mais danos à pele ao redor", diz o Dr. Carlos.

Você está pronto? Veja como estourar uma espinha * corretamente *.

"Puxe delicadamente a pele adjacente para longe da espinha e empurre para baixo com uma leve pressão - não pressione a parte média branca / preta - o núcleo branco central ou o núcleo preto deve escorrer facilmente", diz o Dr. Nazarian. “Se não, deixe sozinho. Não está pronto.

Você estourou sua espinha, parabéns! O que agora?

O cuidado posterior é importante para garantir que você não cause mais irritação à pele. Demasiada irritação pode levar a inflamação e possíveis cicatrizes. Ambos os dermatologistas sugerem um limpador suave para manter a pele limpa. "A chave é evitar qualquer irritação adicional ou inflamação da pele, portanto, não basta aplicar um pouco de remédio acne regular em sua espinha", diz o Dr. Nazarian. "Eles não são formulados para serem usados ​​como tratamento especial e causarão muita irritação e potencial cicatrização de sua pele."

Uma nota extra para pessoas de cor do Dr. Charles:

"Com a pele mais escura, qualquer forma de trauma ou inflamação pode levar a hiperpigmentação que às vezes é de longa duração", diz ele: "Portanto, ao se aproximar de uma espinha, aqueles com pele mais escura têm que ser tão gentil quanto possível para não exacerbar a pele ainda mais. Dito isto, ao ver pacientes com cor de pele em meu consultório, eu sempre defendo a remoção pró-ativa do conteúdo das espinhas ativas para reduzir a inflamação o mais rápido possível. Acho que isso minimiza a hipopigmentação e as cicatrizes no caminho ”.

Em caso de dúvida, dê uma mensagem ao seu dermatologista:

Se você realmente não pode suportar viver com uma espinha, o caminho mais seguro é ver o seu dermatologista, diz o Dr. Nazarian. “Seu dermatologista é seu melhor amigo. Eles podem com segurança extrair e estourar suas espinhas e eles ainda podem injetar os cistos dolorosos profundos para aqueles com acne grave. Dentro de horas você verá uma melhora. Eu normalmente deixo os pacientes entrarem ou agendarem consultas no mesmo dia para suas injeções de acne, porque NINGUÉM quer enfrentar o mundo com um rosto cheio de espinhas ”Inegável.

Osteoporose: como prevenir esta doença desde cedo

A fratura de ossos é um dos problemas mais graves e de acordo com profissionais especializados, um dos problemas mais difíceis de serem tratados especialmente dependendo da idade. Para você entender o que é a osteoporose, vamos falar sobre o que é esse problema de saúde e ainda, como é possível prevenir o aparecimento desde cedo.

Cada vez mais, é preciso se preocupar com problemas como esse, uma vez que a estimativa para os próximos anos é de que o número de idosos aumente e, consequentemente, os casos de osteoporose já que a deficiência de cálcio tende a se agravar com o passar da idade.

Mas saiba que esse problema de saúde pode sim ser prevenido desde cedo e hoje você vai descobrir como. Conheça outros tratamentos clicando aqui.

O que é a osteoporose

Apesar de a osteoporose ser para muitos um verdadeiro sinônimo da terceira idade, é importante saber que esse problema pode surgir antes mesmo da velhice.

Por mais que exista uma maior evidência desse problema em mulheres, essa doença não é exclusiva do público feminino.

De acordo com os especialistas desta área, a cada cinco mulheres, três podem ser identificadas com esse problema de saúde enquanto que no público masculino, um dentro de cinco homens, terão osteoporose.

Esse número especialmente no caso das mulheres, se deve ao fato de que elas sofrem mais principalmente com alterações hormonais como, por exemplo, a menstruação e também a menopausa, além de terem uma quantidade menor de massa óssea, o que também pode favorecer para futuras fraturas nos ossos.

A osteoporose é conhecida como o envelhecimento ou enfraquecimento dos ossos, o que tende a acontecer de forma natural com o ser humano.

No entanto, mesmo que seja muito comum para os idosos, pode acontecer também em outros momentos da vida, estando a pessoa ainda na fase adulta.

A partir dos 40 anos de idade, a massa óssea pode começar a enfraquecer e principalmente por isso, casos de fraturas tendem a acontecer mesmo que a pessoa ainda não seja idosa.

Como prevenir a osteoporose

Buscar formas de conseguir prevenir o aparecimento da osteoporose desde cedo é, sem dúvida, uma das melhores formas para que uma pessoa não venha a sofrer futuramente com esse problema.

Desde a fase da adolescência, e especialmente nessa fase tão importante para a formação dos ossos, é necessário que os pais estejam atentos para conseguir cuidar do fortalecimento e crescimento dos ossos dos seus filhos, evitando que seja desenvolvido um esqueleto frágil.

O corpo humano, quando possui alguma dificuldade de formação, mesmo que não aparente, pode futuramente ser mais suscetível a quedas ou lesões, não sendo necessário atingir a idade idosa para que aconteçam as fraturas nos ossos.

Existem ainda alguns fatores que também podem interferir na qualidade óssea como, por exemplo, gênero, etnia, histórico familiar e baixa ingestão de cálcio, além do físico da pessoa que também pode interferir na formação e resistência dos ossos.

Os principais cuidados que deverão ser respeitados para prevenir a osteoporose desde cedo, é ter uma alimentação saudável rica em leite e derivados, evitar maus hábitos como o sedentarismo assim como o tabagismo e também o alcoolismo.

Além de uma alimentação saudável e balanceada, alimentos que sejam ricos em cálcio e também em vitamina D, devem estar em maior quantidade na dieta de adolescentes e jovens.

É importante a presença da vitamina D para auxiliar a absorção de cálcio no organismo, para fortalecer e manter a rigidez dos ossos conseguindo evitar assim, as fraturas de ossos devido ao enfraquecimento.

Fora a alimentação, existem outras formas de conseguir evitar o surgimento da osteoporose a partir da idade adulta, que são tomar menos refrigerante e se possível até mesmo, não tomar e também, buscar ficar mais tempo ao sol, além de realizar atividades físicas sempre que possível.

Não deixe de prevenir esta doença desde cedo, pois as suas consequências causam grandes limitações para quem sofre deste problema.

 

A saúde é uma das maiores preocupações das pessoas atualmente. No país, com um sistema público de saúde sucateado, muita gente tem procurado por planos de saúde, afim de ter uma maior garantia de atendimento em casos de emergências, bem como maior rapidez no agendamento de consultas e exames de forma geral.

Os planos de saúde são serviços oferecidos por empresas com o intuito de levar a saúde privada a um número maior de pessoas. Com eles os clientes pagam uma mensalidade e tem a garantia de marcarem consultas, realizar exames, fazer cirurgias e outros procedimentos na rede privada de saúde.

Aqui apresentaremos 3 sites para que você possa realizar a cotação plano de saúde para você e sua família.

OK Planos de Saúde

A Ok Planos de Saúde é um site que oferece informações sobre diversos planos de saúde, para que você possa escolher a melhor opção para contratar. Os planos são apresentados em forma de artigo, apresentamos os pontos positivos e negativos a respeito do plano de saúde em questão. Permitindo assim que você tire suas próprias conclusões.

Para realizar a cotação plano de saúde através desse site, você deverá ler os artigos e decidir quais pontos são relevantes para que você possa adquirir um plano de saúde. A partir das suas prioridades você tem a possibilidade de escolher o melhor plano de saúde para você e sua família.

Fazer a cotação plano de saúde por esse site é preciso ter paciência e gostar de ler e analisar. Uma vez que, o site não faz a cotação por você, ele lhe apresenta informações sobre diversos planos de saúde e você realiza a análise dentre as informações fornecidas. Dessa forma o site permite que os pontos indispensáveis na cotação sejam estabelecidos e analisados pelo próprio cliente.

Saúde Site

O segundo site que apresentamos é bem semelhante ao anterior. O site Saúde Site também pode ser utilizado para realizar a cotação plano de saúde através da leitura e análise dos textos apresentados. Na área de planos de saúde do site existem diversos artigos a respeito de diferentes planos de saúde e, em cada um deles, existem informações relevantes sobre os planos.

O site permite que o usuário defina o que é relevante na hora de contratar um plano de saúde e realize sua própria cotação plano de saúde através da análise das informações apresentadas. Dessa forma o cliente tem a possibilidade de ficar mais livre para decidir o que importa em um plano de saúde, seja para ele ou para toda sua família.

Assim como o site apresentado anteriormente, ele não tem um plano de saúde especifico e não apresenta a comparação dos valores dos planos de saúde. Pelo contrário, o foco do site é apresentar informações a respeito de cada plano, deixando assim que o serviço esteja à frente do valor na hora de escolher o melhor plano de saúde.

Amil Planos de Saúde

O site Amil Planos de Saúde apresenta informações a respeito de um plano de saúde de forma especificada. Através dele, o usuário pode ler as informações do Plano de Saúde Amil e, assim, realizar a sua cotação plano de saúde. Da mesma forma que os sites anteriores, ele apresenta as informações em forma de textos.

Aqui o cliente terá informações apenas de um plano de saúde específico, e assim as informações são mais detalhadas, permitindo que o usuário saiba se o plano tem o que importa para o cliente em suas ofertas.

WhatsApp chat